Nós🖼

capa.png

Fala Menó

Apresentamos a Revista Menó,

um coletivo idealizado por professores, comunicadores, artistas, ativistas, todos “pensadores de rua”. As páginas e links deste periódico eletrônico serão atravessadas de ideias, estilos, formas de ver e pensar o mundo no Brasil que se abre à terceira década do terceiro milênio.

      “Menó” é um portal cuja vocação de periódico de livre acesso procura contribuir para a democratização do acesso à informação, ao debate político, a produção científica, artística e cultural, a partir de artigos de divulgação e opinião, ensaios, e resenhas, direcionados prioritariamente para o acesso e compreensão do público geral. O periódico visa colaborar com a formação de um posicionamento crítico, progressista e popular na esfera pública, ao buscar a construção de modelos comunicativos alternativos aos oligopólios que dominam a opinião pública nacional. O plano de fundo da proposta editorial é a urgência cotidiana de uma via de resistência democrática e popular, que exige a construção de novos canais de diálogos na esfera pública, a partir de práticas e discursos que ofereçam referências de cunho sociocultural para o conhecimento em formação nas novas gerações. O periódico “Menó” se constitui fundamentalmente como um veículo que pretende dialogar e  compartilhar das demandas sensíveis do presente, pautas e interesses das classes populares, com o propósito de se tornar um instrumento de resistência dos mesmos.

LOGO REVISTA MENOR 2.png

S

Revista Menó, um coletivo idealizado por professores, comunicadores, artistas, ativistas, todos “pensadores de rua”.

LOGO PRETA.png
Por que “Menó” ? 
  • YouTube
  • Instagram

“Menó” é qualquer brasileiro ou brasileira vistos como delinquente, pois é resistente, arrisca o abuso no riso e no pensar, é rápido e inteligente. Quando arrisca, abusa, enfrenta, se faz visível, rouba a cena.

“Menó” representa o desvio que se faz de tudo...